Parque Estadual Intervales transforma estudantes em observadores de aves

A região de Ribeirão Grande, onde está situado o parque, é famosa por sua grande biodiversidade. Além da conscientização ambiental, o curso visa proporcionar uma opção profissional aos jovens do município

O Parque Estadual Intervales encerrou, na última semana, o Curso de Técnicas em Observação de Aves para Crianças, realizado ao longo do ano de 2017, com cerca de 150 estudantes do Ensino Fundamental, moradores de bairros rurais e urbanos do município de Ribeirão Grande.  O objetivo das atividades é levar aos jovens o conhecimento sobre a grande biodiversidade da região, estimulando a consciência e a preservação ambiental.

Segundo o gestor do PEI, Thiago Conforti, a região se destaca pela presença marcante da Mata Atlântica na área rural e a grande riqueza de aves. “Nesta região, podemos observar  facilmente, de 200 a 300 espécies.  No Parque Estadual Intervales já foram registradas 415 espécies de aves. Por meio do curso, estamos apresentando este fabuloso universo da observação de aves e sensibilizando para a ideia de que eles vivem numa das regiões de Mata Atlântica com uma altíssima riqueza de aves. Recebemos cerca de 1500 turistas por ano especializados em observação de aves, dos quais grande parte são estrangeiros. Essas crianças estão tendo a oportunidade de vivenciar o cotidiano do observador de aves e a opção de se tornarem monitores ambientais de aves para atender a futura demanda de turismo regional.”

Da teoria à observação

O curso foi dividido em três etapas: na primeira delas, técnicos do PEI foram até as escolas, ministraram palestras e ensinaram a parte teórica aos alunos, com técnicas de observação e modos de identificação das aves, além de ferramentas utilizadas, como o binóculo, a caderneta de campo, a roupa adequada e outros equipamentos. Na segunda etapa, os alunos começaram a observar as aves no pátio das escolas e no entorno de suas residências, fazendo anotações e desenhos sobre o que viram. Na terceira etapa, os participantes foram até o parque, para observar as aves livres em seu habitat natural.

Durante a visita ao parque, a criançada pôde acompanhar os monitores nas trilhas, conhecer a grande diversidade de aves e aplicar o que foi aprendido nos treinamentos na escola. Entre as aves observadas na atividade estão gavião-tesoura, gavião-pega-macaco, mãe-da-lua, canarinho-da-terra, sabiá-do-campo, saí-azul-fêmea e benedito-de-testa-amarela. O final do curso foi marcado por uma exposição dos desenhos e fotos dos alunos, além de brincadeiras e atividades ao ar livre envolvendo o tema de observação de aves. Como resultado co curso, os professores promoveram uma competição entre os alunos e o participante com mais registros foi premiado com um tablet.

Parceiros

O curso é resultado de uma parceria entre o Parque Estadual Intervales e a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Ribeirão Grande.