Histórico

O Parque Estadual de Ilhabela foi criado em 20 de janeiro de 1977 através do Decreto nº 9.414. Com área de 27.025ha, abrange aproximadamente 85% da ilha de São Sebastião.

Sobre o Parque

O Parque Estadual de Ilhabela caracteriza-se por ser um parque-arquipélago, com uma área de 27.025ha, englobando um total de 12 ilhas, 2 ilhotes e 2 lajes.

Na Ilha de São Sebastião, os limites são definidos por cotas altimétricas que variam de 200m (na região ao longo do canal de São Sebastião), 100m (a partir da Ponta da Sela ao sul e Ponta das Canas ao norte) e a 0m (a medida que se aproxima da Ponta do Boi).

As demais ilhas do arquipélago estão integralmente inseridas nos limites do Parque. Os ecossistemas presentes, tais como a Mata Atlântica, a restinga e os manguezais abrigam centenas de espécies de mamíferos, répteis e aves, muitas delas endêmicas como o rato cururuá e outras em processo de extinção.

O Parque Estadual conta com um conselho consultivo formado desde 2004, no qual reunem-se representantes de vários segmentos da sociedade, setor público e comunidades caiçaras, para juntos discutirem a gestão e o manejo da UC.

Sobre a Região

O litoral norte de São Paulo é certamente um remanescente do Estado de São Paulo e da costa brasileira, onde os ambientes costeiros são variados e ainda estão em bom estado de conservação.

A área total do Litoral Norte é de 1.977km2. Desta área total calculada, 1.592km2 são áreas continentais, enquanto que os outros 365km2 constituem dezenas de áreas insulares, sendo estas constituídas pela Ilha de São Sebastião (337km2) e por outras 61 ilhas, ilhotas e lajes (26 km2).

A região apresenta grande área de Mata Atlântica preservada pela presença de Unidades de Conservação.