São Paulo e Yucatan discutem acordo para a proteção de florestas

Na foto acima, o presidente da Fundação Florestal, Gerd Sparovek , com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Yucatan, Eduardo Adolfo Batilori Sampedro

O estado de São Paulo e o estado de Yucatán, no México, iniciaram diálogos para um possível intercâmbio de conhecimentos e experiências visando a proteção de florestas nos dois países.  O secretário de Meio Ambiente Maurício Brusadin esteve com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Yucatan, Eduardo Adolfo Batilori Sampedro em encontro promovido pela Rede Climate Group, durante a COP 23 em Bonn, na Alemanha. O estado de Yucatán tem o dobro da área de São Paulo. A capital, Merida, tem perto de 2 milhões de habitantes e cerca de  80% do território do estado é coberto por florestas nativas. Segundo Brusadin, há um grande interesse de ambas as partes na troca de experiências entre os dois governos e a Fundação Florestal deverá ser signatária do termo de cooperação.