RPPNs ganham setor específico no Banco de Áreas para Restauração

As Reservas Particulares de Proteção à Natureza (RPPN) do Estado de São Paulo agora possuem um setor especial no Banco de Áreas Disponíveis para Restauração (BADR). Com esta novidade, as RPPNs podem ser inseridas no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e as empresas ou entidades interessadas podem facilmente encontrar propriedades com esta finalidade. Os proprietários de RPPN podem disponibilizar suas áreas preenchendo o formulário no site do Programa Nascentes. Aqueles que já tiverem um projeto de restauração elaborado podem optar pela Prateleira de Projetos, oferecendo-os aos interessados.

Segundo o coordenador do Programa de RPPN da Fundação Florestal, Oswaldo Bruno, as RPPNs são uma modalidade de Unidade de Conservação que se destaca pelo interesse de seus proprietários na conservação da natureza. “Por isso, estamos disponibilizando um link exclusivo para este tipo de UC. Antes, elas ficavam no meio de todas as outras áreas. Agora ficou mais fácil, tanto para os proprietários como para os interessados em restaurar essas áreas.”

Sobre o BADR

Esta é uma ferramenta voltada para quem procura áreas adequadas à restauração da vegetação nativa para fins de cumprimento de obrigações decorrentes de licenciamento ambiental, conversão de multas ou compensação voluntária de emissões.

A iniciativa é fruto da parceria entre a FREPESP, Fundação Florestal e Secretaria Estadual do Meio Ambiente para fortalecer e destacar as RPPN na conservação da biodiversidade no território paulista.

Acesse

Para cadastrar sua RPPN: http://www.ambiente.sp.gov.br/programanascentes/cadastre-areas/

Para restaurar uma RPPN: http://www.ambiente.sp.gov.br/programanascentes/banco-de-areas/

Prateleira de projetos: http://www.ambiente.sp.gov.br/programanascentes/category/projeto-aprovado/

Para mais informações: programanascentes@sp.gov.br