PE Serra do Mar inaugura seus Jardins Secretos no próximo dia 24/06

Uma imensa variedade de orquídeas, bromélias e espécies arbóreas em extinção compõem os Jardins Secretos que poderão ser explorados pelos visitantes em diversos núcleos  do Parque Estadual Serra do Mar

A Mata Atlântica guarda grandes e pequenas preciosidades da flora. Desde uma orquídea do tamanho da ponta de um palito de fósforo, até uma árvore com 50m de altura, equivalente a um prédio de 16 andares.  Todos convivendo em harmonia no ambiente úmido e misterioso da floresta. Um pouco desse fascinante universo será conhecido mais de perto pelo público, ao adentrar os Jardins Secretos do Parque Estadual Serra do Mar (PESM). O projeto será lançado no próximo dia 24/06, às 9h, no Núcleo Padre Dória do PESM, situado em Salesópolis.

O lançamento dos Jardins Secretos acontecerá durante o 3º Encontro de Produtores de Cambuci e Frutas Nativas, quando também será lançado o Programa “Juçara – Plante um pé no seu Quintal”. O evento contará com a presença do ambientalista e colecionador de orquídeas Masuji Kayasima, que atua há mais de 40 anos na região e fará uma palestra sobre as micro-orquídeas da Serra do Mar.

Haverá ainda com um concurso gastronômico, palestras,  apresentações culturais e distribuição de mudas de juçara.  O encontro tem como objetivo incentivar os produtores na produção e a valorização de frutos da Mata Atlântica, tendo como principal produto o Cambuci e o fruto da palmeira-juçara como forma de conservar a diversidade biológica e o manejo sustentável da espécie.

Parceiros
Prefeitura Municipal de Salesópolis/Diretoria de Meio Ambiente, UMAP, ASDETUR e Instituto AUÁ.

Serviço
Local: Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Padre Dória, Estrada Rodrigues de Campos km 04, Bairro dos Pintos, Salesópolis/SP
E-mail: pesm.padredoria@gmail.com.
Fone: (11) 4696-0981.

Os Jardins Secretos

Este projeto tem como enfoque a educação ambiental e na recuperação de espécies resgatadas de diversas áreas e realocadas com o objetivo de garantir a integridade de espécies, principalmente aquelas que correm risco de extinção.  Essas coleções de plantas vivas estão sendo implantadas em trilhas de fácil acesso do público e no entorno dos Centros de Visitantes.

O Núcleo Padre Dória é um dos quatro núcleos abrangidos inicialmente pelo projeto, junto com os Núcleos Caraguatatuba, Picinguaba e Itutinga-Pilões, que terão suas coleções de plantas de acordo com as potencialidades vegetais de cada um. No PESM – Dória, a ênfase será nas orquídeas, reunindo mais de 100 espécies diferentes. Em Caraguatatuba, o jardim será composto por bromélias, uma vez que o significado do nome do município de origem tupi é Caraguatás = bromélias e tyba = grande quantidade. O Núcleo Picinguaba, em Ubatuba, reunirá uma diversidade de espécies arbóreas ameaçadas de extinção, uma vez que este Núcleo contempla diferentes fisionomias da Mata Atlântica, que vão desde a costa marinha até as escarpas da Serra do Mar.

De acordo com uma das idealizadoras do Projeto, a doutora em biologia vegetal Giseli Areias, a ideia é que os jardins encantem o visitante, ao mesmo tempo em que proporcionam verdadeiras aulas sobre a Mata Atlântica. “Estas coleções de plantas vivas em locais de uso público serão uma nova ferramenta de educação ambiental e pesquisas científicas.  Nossa ideia é envolver gradativamente os outros núcleos, uma vez que o PESM forma um grande corredor de Mata Atlântica que merece ser valorizado”, afirma Giseli.