Mico-leão-preto ressurge na Estação Ecológica Caetetus

Mico-leão-preto – foto Denilson Ruffo

Após seis anos sem registro de sua presença, o mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus) foi reencontrado na Estação Ecológica Caetetus (EE Caetetus). A redescoberta foi feita durante o mês de agosto, pelo pesquisador voluntário Roberto Lázara e consolidada na última sexta-feira, 2 de setembro, por meio de registros fotográficos pelos funcionários da Unidade de Conservação, Daniel Quini e Denilson Ruffo. Na ocasião, foram avistados dois indivíduos adultos, próximos à sede administrativa da EE Caetetus.

Localizada entre os municípios de Gália e Alvinlândia e administrada pela Fundação Florestal, esta é uma das poucas Unidades de Conservação do Estado de São Paulo a abrigar e proteger a espécie.

De acordo com o gestor da Unidade de Conservação, Nelson Gallo, a espécie costuma se organizar em pequenos grupos. “Nesse caso específico, provavelmente tratava-se de um casal. Com esse novo registro, ficou claro que a espécie continua habitando a Unidade de Conservação e essa é uma grande felicidade para nós.”

Sobre a EE Caetetus
A Unidade de Conservação foi criada pelo Decreto Estadual nº 8.346, de 9 de agosto de 1976 e passou à categoria de Estação Ecológica por meio do Decreto Estadual nº 26.718/87. Protege significativa amostra de remanescentes de Mata Atlântica de Interior e abriga diversas espécies da fauna ameaçada de extinção, como o mico-leão-preto, o queixada, a anta e a onça-parda.

A visitação à esta Unidade de Conservação é realizada para Educação Ambiental e grupos organizados, mediante agendamento prévio ou para pesquisa científica com registro na Comissão Técnico-Científica do Instituto Florestal (COTEC).

SERVIÇO
Dias e horário de funcionamento: de segunda-feira a sexta-feira das 8h às 17h.
Telefones para informação: (14) 3473-1248
E-mail: ec.caetetus@fflorestal.sp.gov.br
Endereço: Rodovia SP 331, km 186 – Gália –SP CEP 17450-000