Maratona Aquática 14 Bis Bertioga-Guarujá acontece neste sábado, 11

Durante a prova, os participantes terão a oportunidade de conhecer os incríveis manguezais do Canal de Bertioga, protegidos pela Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro

Acontece, neste sábado, 11/11, no território da Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro, entre os municípios de Bertioga e Guarujá, mais uma edição da Maratona Aquática 14 Bis. Com um percurso de 24 km, essa é a maior e mais tradicional prova de seu gênero no Brasil, tendo envolvido milhares de nadadores brasileiros e internacionais ao longo de seus mais de quarenta anos de história. O evento faz parte das comemorações da Semana da Asa. A largada é dada por volta das 9h, a partir do Forte São João, em Bertioga, e a chegada se dá na rampa da Base Aérea de Santos.

Os atletas inscritos devem se preparar para uma prova desse nível com pelo menos seis meses de antecedência. O Canal de Bertioga, onde é feita a prova, é aberto para o oceano em ambas suas extremidades. A Maratona Aquática 14 Bis usa da maré em favor dos atletas e a largada é dada no momento em que a maré está enchendo. Na segunda metade da prova, com a maré baixa esvaziando o canal, os atletas são impulsionados em direção ao extremo do canal, onde fica a chegada.

Cenários incríveis e preservados

Durante a Maratona Aquática 14 Bis, os participantes terão a oportunidade de conhecer os incríveis manguezais do Canal de Bertioga. As características ecológicas e paisagísticas deste ambiente, aliadas aos bons indicadores de qualidade ambiental proporcionarão aos participantes, uma experiência única em meio à natureza.

Os manguezais são considerados um importante ecossistema, pois funcionam como berçários de muitas espécies marinhas. Essas águas escuras, calmas e ricas em matéria orgânica são o local ideal para a reprodução de peixes como parati, carapeva, caratinga, robalo e tainha. Entre as aves encontradas ali, garças azuis e brancas, socós, saracuras, jaçanãs, maçaricos, biguás e ninhos de guaxos-pretos. Com sorte, é possível avistar mamíferos, como lontras, capivaras e cachorros-do-mato.

A intensificação das atividades humanas nas regiões costeiras tem resultado na fragmentação e degradação desses ambientes. Por sua grande relevância biológica, todos os manguezais em território brasileiro são considerados Áreas de Preservação Permanente (APPs), protegidos por legislações federais e estaduais. Os manguezais presentes no Canal de Bertioga e dos rios Itaguaré, Guaratuba e Itapanhaú são protegidos pela Área de Proteção Ambiental Marinha do Litoral Centro (APAMLC). Fazem parte ainda da APAMLC, os manguezais localizados no rio Itanhaém, no município de mesmo nome e também aqueles junto aos rios Preto e Branco, no município de Peruíbe.

Orientações aos participantes

A APAMLC pede a colaboração dos participantes, no sentido de contribuir com a conservação dos manguezais e de todas as espécies que dele dependem. Caso precisem ir para a margem do Canal, sejam cuidadosos ao mover-se, pois esse ambiente é colonizado por árvores com raízes aéreas e entrelaçadas que servem para fixação de organismos como ostras e conchas. Seu substrato é constituído por uma espessa camada de lama e pode conter em seu interior pedaços de galhos e raízes. Caso necessite se apoiar em algum galho ou raiz, prefira as partes que estão visíveis e fora d’água.

A Fundação Florestal por meio da  APAMLC, entende que a realização de eventos como este aliam contato com a natureza e conscientização ambiental. “A prova 14 Bis, tão tradicional na região, é uma oportunidade para que o público possa conhecer as importantes características ecológicas, sociais, econômicas e paisagísticas dos manguezais de Bertioga. Esse ecossistema tão singular oferece inestimáveis serviços ecossistêmicos por meio de seus rios, sua água salobra e marinha. Desejamos que sua viagem por esse ambiente seja prazerosa e instrutiva. Tenham todos uma ótima prova.”