Fundação Florestal assina Cooperação Técnica com a Prefeitura de Ilhabela

 Parceria visa a implantação do plano de manejo do Parque Estadual Ilhabela

Nesta quinta-feira, 27 de dezembro, a Fundação Florestal assinou Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Ilhabela em evento no gabinete do Prefeito de Ilhabela, Marcio Tenório, na presença de vereadores do município, dos Secretários de Turismo, Ricardo Fazzini, de Meio Ambiente, Salete Zeca, e da assessora de planejamento da Diretoria Executiva Fundação Florestal, Joana Fava Cardoso Alves.

O termo de cooperação técnica instituiu uma parceria para implantação de diversas ações previstas no plano de manejo do parque, com investimentos na ordem de R$ 6.5 milhões pela Prefeitura de Ilhabela, com recursos de royalties do petróleo.

Dentre as ações previstas no termo de cooperação estão fornecimento de mão-de-obra técnica especializada para gestão do parque, infraestrutura, equipamentos, ações para o desenvolvimento do turismo de natureza como a estruturação e abertura de novas trilhas, fiscalização de ocupações irregulares na zona de amortecimento do Parque, manejo e erradicação de espécies exóticas e invasoras, o incentivo à pesquisa e educação ambiental.

O Parque Estadual de Ilhabela ocupa 85% do município de Ilhabela e protege 27.025 ha de mata atlântica, ecossistemas associados, e uma rica diversidade de fauna. Um dos destaques do serviços ambientais prestados pelo parque à sociedade de Ilhabela é a proteção dos recursos hídricos. Toda a água que abastece a cidade de Ilhabela, com aproximadamente 40 mil habitantes, se origina dos corpos da água protegidos pela floresta abrangida pela unidade de conservação.

Durante o evento de assinatura do termo de cooperação técnica, Márcio Tenorio ressaltou a importância de apoiar a gestão do Parque potencializando o turismo, principal economia do município. O Prefeito destacou que a assinatura do termo de cooperação cumpre com um compromisso de campanha e metas de seu Plano de Governo.

A Fundação Floresta vem fortalecendo a agenda de parcerias como estratégia de gestão das Unidades de Conservação da Fundação Florestal, que hoje totalizam 102 e correspondem a quase 18% do território paulista.