Criação de Unidades de Conservação no entorno das represas Billings e Guarapiranga

As unidades de conservação (UC) foram regulamentadas pela Lei Federal que estabeleceu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Essas áreas, criadas pelo poder público, têm como função proteger a fauna, a flora, os recursos hídricos, e os processos ecológicos pertinentes aos ecossistemas naturais.
O processo de identificação de áreas prioritárias deve ocorrer a partir de um olhar que considere desde grandes fragmentos de formações pouco alteradas até remanescentes de ecossistemas modificados, mas que prestam importantes serviços para a comunidade local.
Entre 2013-2015, a Região Sudeste do Brasil passou pela pior crise hídrica já registrada. São Paulo foi severamente atingido com recorde negativo do regime pluviométrico e preocupante baixa dos reservatórios. Tal crise evidenciou o papel desempenhado pelas áreas verdes especialmente protegidas para a produção de água.
Neste momento, a Fundação Florestal está conduzindo projeto de criação de novas Unidades de Conservação no entorno das represas Billings e Guarapiranga. Estamos em fase de consulta pública e para tal estamos disponibilizado o material técnico que subsidia a proposta a criação.
Este material tem como objetivo trazer maior esforço de conservação dos remanescentes de vegetação nativa existente no entorno das represas e contribuir com a qualidade dos recursos hídricos destinados ao abastecimento público.