Cinco cachoeiras incríveis para se refrescar neste verão

Nada melhor para espantar o calor do que um bom mergulho nas águas geladinhas de uma cachoeira, não é mesmo?! No Estado de São Paulo, são inúmeras as opções de rios que são garantia de diversão, aventura e muito frescor. Agora, se você quer contato com a natureza, água cristalina e um passeio seguro, a dica é visitar um Parque Estadual. Separamos uma lista de sete trilhas que têm uma maravilhosa cachoeira como recompensa no final da caminhada.

– Trilha das Cachoeiras
Onde: Cunha
UC: Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Cunha

Com 14,4km de extensão e nível médio de dificuldade, este é um passeio ideal para quem gosta de andar de bicicleta, mas também pode ser feito metade de carro e metade a pé. O trajeto acompanha o Rio Paraibuna, passando por duas quedas d’água, até chegar na Cachoeira do Rio Ipiranguinha, com um belo cenário para a contemplação da Mata Atlântica e banhos nas suas límpidas águas geladas. Este é um ótimo percurso para observar aves, como tangarazinho, saíra-da-serra, papa-taoca-do-Sul e corocochós, entre outros.

Telefone: (12) 3111 1818/2353
E-mail: pesm.cunha@fflorestal.sp.gov.br
Endereço: Estrada Municipal do bairro do Paraibuna, Km 20.

 

– Trilha da Água Branca
Onde: Ilhabela
UC: Parque Estadual Ilhabela

Esta trilha possui cinco poços próprios para o mergulho ao longo de seu percurso, sendo que o primeiro está a cerca de 100 metros do início da caminhada. Com 4 km de extensão e nível fácil, a trilha começa na Guarita da Estrada-Parque Castelhanos. Esta é uma das mais conhecidas do PEIb, indicada para todos os tipos de público, desde o visitante menos experiente até aquele acostumado a percorrer trilhas. O percurso de ida pela trilha e volta pela Estrada de Castelhanos é indicado para a observação de aves, no raiar do dia. A dica para este atrativo é preferir finais de semana comuns, evitando feriados como o réveillon e o carnaval.

Telefones: (12) 3896-2585 / (12) 3896-1646
E-mail: peilhabela@fflorestal.sp.gov.br
Endereço: Praça Coronel Julião de Moura Negrão, n°115 – Vila Centro/ Ilhabela

– Trilha da Cascata Grande
Onde: Pedregulho
UC: Parque Estadual Furnas de Bom Jesus

Devido ao seu relevo em forma de canyon, o Parque Estadual Furnas do Bom Jesus possui diversas cachoeiras, acessadas por meio de trilhas, geralmente de média a alta dificuldade. A Cascata Grande, com sete quedas d’água, é a maior delas com 130 metros de queda livre, proporcionando a oportunidade de contemplar um raro espetáculo de força da natureza. Para este atrativo, é necessário veículo próprio e uma caminhava de médio nível de dificuldade. Durante a trilha, o diferencial é a transição da vegetação de Cerrado para a Mata Atlântica, além de um deck dá a visão privilegiada da cachoeira de longe. Por questões de segurança, não é permitido banhar-se nesta cachoeira, mas o PEDBJ possui outras três cachoeiras favoráveis à pratica: do Chalé,  do Malta e dos Macacos, onde é possível tomar uma boa ducha relaxante.

Telefone: (16) 3171 1118
E-mail: pe.furnas@fflorestal.sp.gov.br
Endereço: Av. Orestes Quércia, Km 0,7 – Pedregulho

– Cachoeira do Quilombo
Onde: Sete Barras
UC: Parque Estadual Carlos Botelho

Esta Unidade de Conservação protege e alimenta as bacias hidrográficas do Ribeira e do Paranapanema. Suas águas cristalinas são os atrativos mais disputados por turistas, principalmente no verão. A cachoeira do Quilombo, que se localiza entre os parques Intervales e Carlos Botelho, é a dica de hoje.  A trilha possui 5 km (ida e volta) e inicia-se na base do Quilombo no PEI. A primeira parada é uma corredeira. Aos que desejam banhar-se, a caminhada é um pouco mais longo, com uma queda cerca de 500m adiante. Além desta, o PECB tem também a Cachoeira do Ribeirão Branco com uma queda de 4m quem forma um poço de águas verde-esmeralda são convidativas ao banho.

Fone: (15) 3279-0483
E-mail: pe.carlosbotelho@fflorestal.sp.gov.br
Endereço: Rodovia SP-139, km 78,5 – Bairro do Abaitinga – São Miguel Arcanjo

– Trilha do Rio Passareúva
Onde: Cubatão
UC: Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Itutinga-Pilões

Situado entre as regiões metropolitanas de São Paulo e Baixada Santista, este parque  representa uma alternativa de lazer rápida e viável para quem mora na capital e busca um primeiro contato com a natureza. Possui cerca de 3km de extensão e nível fácil de dificuldade. A trilha inclui uma eletrizante travessia de rio e a contemplação do encontro entre os rios Pilões e Passareúva. Na sede do Núcleo, vestígios históricos de uma vila operária do século XX que servia de moradia para trabalhadores da Usina hidrelétrica de Itutinga.

Telefone: (13) 3361-8250
E-mail: pesm.itutingapiloes@fflorestal.sp.gov.br

 

Recomendações

Recomenda-se evitar passeios a cachoeiras em dias de condições meteorológicas instáveis. Chuvas repentinas e intensas podem aumentar significativamente a quantidade das águas dos rios em poucos segundos, causando acidentes fatais. Este fenômeno é chamado de tromba d’água ou cabeça d’água. Não entre em trilhas desconhecidas sem o acompanhamento de um guia experiente. Consulte antecipadamente o parque que deseja visitar, agende sua visita e informe-se sobre a necessidade de se vacinar contra febre amarela.

Leve na mochila: água, lanche, repelente, protetor solar, toalha, máquina fotográfica
Vista-se adequadamente: tênis antiderrapante, calça, camiseta, óculos, boné, roupa de banho