Caminhada segue os passos de Padre Dória

Os 90 quilômetros que separam Salesópolis de São Sebastião foram percorridos em quatro dias por 25 peregrinos

O Núcleo Padre Dória do Parque Estadual Serra do Mar (PESM – NPDor) promoveu entre os dias 17 e 20 de janeiro a terceira edição da Caminhada da Fé – Caminhos do Padre Dória, uma fascinante peregrinação pela Estrada do Rio Pardo que liga os municípios de Salesópolis a São Sebastião, no coração da Mata Atlântica.

O ponto de encontro foi a Igreja Matriz São José de Salesópolis onde 25 peregrinos se reuniram no dia 17 de janeiro, às 6h, para a benção antes do início da jornada, que teve a duração de quatro dias, rumo à capela de São Lourenço, em São Sebastião. Os peregrinos percorreram cerca de 90 km, caminhando uma média de 22 km por dia.

O objetivo da Caminhada da Fé é regatar os passos do Padre Dória pela Serra do Mar, realizado pelo religioso no século XIX. Historiadores regionais apontam o padre como o benemérito civilizador da região onde se situa o Núcleo, sendo sua maior obra a construção da estrada que então ligava São Sebastião a São José do Paraitinga, atual estrada do Rio Pardo que passa pelos Núcleos Padre Dória, Caraguatatuba e São Sebastião.

A organização do evento, logística e segurança ficaram a cargo da gestão do Núcleo Padre Dória e contou com o apoio do Casarão Senzala, Fazenda Santana, Paróquia de São Sebastião e Núcleos São Sebastião e Caraguatatuba da Serra do Mar.

Diário da Viagem

Dia 17 de Janeiro
Após a bênção na Igreja Matriz de Salesópolis, o grupo seguiu para o Casarão Senzala e, de lá, tomaram o rumo da Estrada do Rio Pardo. No caminho, fizeram paradas para rezar ao lado das pequenas cruzes de madeira resgatando a tradição do Padre Dória que marcava o caminho com elas. O grupo chegou por volta das 16h na Capela de São Lourenço, o primeiro local de pouso. Lá aproveitaram para visitar o mirante do Rio Pardo e tomar banho em cachoeiras. Anotaram que haviam percorrido os primeiros 19 quilômetros.

Dia 18 de Janeiro
A programação do dia começou antes do nascer do sol. Às quatro da madrugada, o grupo foi para o Mirante do Rio Pardo acompanhar o espetáculo do alvorecer. Em seguida, fizeram uma parada para lanche na cachoeira do Pilão. O almoço foi na intermediária estação da Petrobrás. Antes, aproveitaram para se refrescar na cachoeira dos Três Tombos. Após breve descanso, a viagem prosseguiu até as 17h para a montagem do acampamento da segunda noite. Mesmo com muita chuva e raios, o grupo permaneceu unido para contar histórias e casos que ocorreram durante a caminhada. Neste segundo dia chegaram à marca de 28 quilômetros.

Dia 19 de Janeiro
O horário da partida foi o mesmo: 4 da madrugada. Ainda escuro seguiram pela estrada do Rio Pardo até a entrada da estrada da Limeira, onde iniciaram a subida. Caminharam até as 11h, quando se encontraram com o grupo de apoio para tomar um café e descansar. Sobrou tempo para a observação da paisagem no mirante de Maresias, localizado na Estrada da Limeira com o mar ao fundo. Antes de prosseguir a jornada, tomaram banho de rio, pois o calor era intenso. Revitalizados, prosseguiram com destino ao novo pouso ainda distante três quilômetros. Lá montaram as barracas e tomaram outro banho de rio. Em seguida, descanso e jantar regado a mais uma roda de conversa onde cada um relatou sua experiência durante a caminhada. Momento de grande emoção.

Dia 20 de Janeiro
No último dia da peregrinação, eles levantaram às três da madrugada. Tomaram café reforçado, pois iriam empreender mais 14 quilômetros, sendo nove deles em uma trilha em meio à Mata Atlântica com grau de dificuldade alto. No caminho, como de costumes, pararam em alguns trechos para contemplar a beleza da região, como a Trilha de Árvores Centenárias. Não faltou, é claro, mais banho de cachoeira no final da trilha. Assim, o grupo prosseguiu até chegar ao litoral, onde outro grupo de apoio os aguardava para o almoço na Fazenda Santana. Por volta das 14h, registraram o final do périplo. Com a sensação de dever cumprido, porém exaustos por conta dos quatro dias de caminhada, os peregrinos juntaram as forças para acompanhar a missa e procissão em comemoração ao Dia de São Sebastião.

No ano que vem tem mais. Os interessados em participar da quarta edição da Caminhada da Fé – Caminhos do Padre Dória devem ficar antenados na divulgação do evento, que ocorre sempre no mês de janeiro.